A melhor cura para a prostatite hoje

A prostatite pode ser tratada de forma conservadora. Nesse sentido, os homens têm uma pergunta natural: que tipo de remédio para prostatite usar? Claro, não existe pílula milagrosa.

Para interromper o processo inflamatório na próstata, será necessária uma abordagem integrada, ou seja, diversos tipos de medicamentos deverão ser utilizados.

Como regra, os pacientes recebem comprimidos antibacterianos, bloqueadores alfa-1 e peptídeos biorreguladores. O tratamento é complementado com fitopreparações, relaxantes musculares, antiespasmódicos, AINEs / agentes hormonais.

Tipos e sintomas de prostatite

O urologista escolhe as táticas de tratamento da prostatite. Ao escolher uma tática, o especialista fica atento às causas raízes que provocaram os processos inflamatórios no órgão glandular.

De acordo com a classificação médica internacional, existem vários tipos de prostatite. Alocar prostatite abacteriana (estagnada), bacteriana, infecciosa, fúngica, alérgica, hormono-distrófica, vegetovascular e assintomática.

Os sinais típicos de inflamação pancreática são:

  1. Impulso frequente de urinar. Acontece que eles são falsos. Com a exacerbação da doença, a frequência das fissuras aumenta à noite.
  2. Dor no períneo e púbis durante a micção e a relação sexual. A dor pode irradiar para o sacro e a parte inferior das costas.
  3. Descoloração da urina. Muco e impurezas coaguladas podem aparecer na urina. Esses sinais são observados apenas na forma bacteriana da prostatite.
  4. Ejaculação rápida. Acontece que processos inflamatórios, ao contrário, causam anorgasmia.
  5. Micção intermitente.
  6. Sensação de esvaziamento incompleto da bexiga.
  7. Potência e libido diminuídas. Em casos graves, a disfunção erétil se desenvolve.
  8. Comichão e ardor na uretra.

Se um homem desenvolver prostatite bacteriana / infecciosa / fúngica aguda, há sinais de intoxicação. A temperatura corporal do paciente aumenta, surgem dores e insônia, e um colapso é observado.

O tratamento tardio é repleto de complicações. Um homem pode desenvolver HPB, câncer de próstata, infertilidade, impotência.

Antibióticos para prostatite

quais antibióticos para tratar a prostatite em homens

Como tratar a prostatite em homens, quais medicamentos são melhores para usar? Os especialistas afirmam que, com a inflamação da próstata, é imperativo o uso de medicamentos antibacterianos.

Os medicamentos suprimem a microflora patogênica e, assim, ajudam a interromper a inflamação no órgão glandular. É dada preferência a antibióticos de amplo espectro. Antes de prescrever qualquer remédio, o homem deve fazer uma cultura de próstata com BAC.

É dada preferência a medicamentos que pertencem aos seguintes grupos:

  • Penicilinas.
  • Aminoglicosídeos.
  • Macrolídeos.
  • Fluoroquinolonas.
  • Tetraciclinas.
  • Cefalosporinas.

Os pacientes podem usar antibióticos na forma de soluções injetáveis e comprimidos. A duração da antibioticoterapia é de pelo menos 3-5 semanas. Se necessário, vários cursos terapêuticos são realizados.

Após a antibioticoterapia, o paciente deve repassar a cultura de secreção pancreática do LHC.

Peptídeos biorreguladores

Peptídeos biorregulatórios podem ser prescritos ao paciente durante a terapia com medicamentos. Muitos produtos desse segmento podem ser adquiridos em farmácias. Os medicamentos são dispensados sem receita médica.

A substância ativa dos peptídeos bioreguladores é o extrato de próstata bovina.

Os peptídeos biorreguladores estão disponíveis na forma de comprimidos, supositórios e pó para preparação de uma solução injetável. As ferramentas ajudam:

  1. Melhora o trofismo do tecido da próstata.
  2. Normaliza a circulação sanguínea na pelve pequena.
  3. Aumente a potência e a libido.
  4. Elimine problemas urinários.
  5. Aumente a libido.
  6. Pare o inchaço do órgão glandular.
  7. Para acelerar os processos regenerativos da próstata.
  8. Para aumentar a eficácia da terapia antibiótica.
  9. Previna a trombose nos vasos do pâncreas.
  10. Aumenta a imunidade local.
  11. Normaliza o tom da bexiga.
  12. Aumentar a quantidade de grãos de lecitina na secreção prostática.

A duração do uso de peptídeos bioreguladores é limitada a um mês. Se necessário, podem ser usados medicamentos para prevenir a prostatite e a HBP.

Fitopreparações

remédios naturais à base de ervas para o tratamento da prostatite

Os medicamentos fitoterápicos modernos são amplamente usados na urologia. Estes medicamentos podem ser usados para tratar a prostatite e a hiperplasia benigna da próstata.

Os remédios fitoterápicos ajudam a aliviar a inflamação, melhorar o fluxo urinário, normalizar a libido e a potência.

Os medicamentos naturais não são recomendados para homens com predisposição a reações alérgicas.

Bloqueadores alfa 1

medicamentos bloqueadores alfa para o tratamento da prostatite

Já foi observado acima que a prostatite é acompanhada por dor ao urinar, síndrome do fluxo lento, vontade frequente de urinar e outros distúrbios disúricos.

Para aliviar esses sintomas desagradáveis, o paciente é aconselhado a tomar bloqueadores alfa-1. Os medicamentos ajudam a relaxar a estrutura do músculo liso do colo da bexiga, próstata e uretra. Devido a isso, a evacuação da urina é melhorada e a probabilidade de retenção urinária é reduzida.

Os bloqueadores alfa-1 podem ser tomados não apenas para a prostatite, mas também para a hiperplasia benigna da próstata. Para o adenoma, os medicamentos são prescritos em conjunto com os inibidores da 5-alfa-redutase.

Os bloqueadores alfa-1 não devem ser tomados por homens com hipotensão, insuficiência hepática ou insuficiência renal.

Que outros fundos estão sendo atribuídos?

medicamentos para o tratamento da prostatite

Para eliminar a dor na prostatite, o paciente recebe medicamentos antiinflamatórios não esteróides. Com a inflamação do pâncreas, podem ser usados AINEs, produzidos na forma de supositórios, comprimidos e soluções injetáveis.

Outro paciente pode ser atribuído:

  • Medicamentos hormonais.Eles são usados quando os AINEs não ajudam a aliviar a dor.
  • Antiespasmódicos.Os medicamentos ajudam a aliviar o espasmo e a dor do músculo perineal.
  • Relaxantes musculares.As instruções para esses medicamentos dizem que eles ajudam a aliviar o espasmo da estrutura do músculo liso do períneo, da uretra e da próstata.
  • Complexos multivitamínicos.Eles são prescritos para aumentar a imunidade.

Para fins auxiliares, os pacientes podem usar ervas para tratar a prostatite e o adenoma. Antes de usar receitas populares, é aconselhável consultar o seu urologista responsável.

Além do uso de medicamentos, outras recomendações devem ser seguidas. Em particular, os médicos aconselham seguir uma dieta, abandonar os maus hábitos e levar um estilo de vida ativo.